Sempre à espera

Pode ser as crianças, o chão de terra, a perspectiva do alto dos meus 1,30m de altura, curioso. Fito o asfalto vazio nessa manhã de feriado e sei que nunca as coisas voltarão a ser como eram, como deviam ser, porque me acostumei que fossem, porque elas simplesmente começam e acabam. O que parece não […]

Com raíz

Achada no mar de areia, ela não se esconde, ela se acha perdida. E acha que nunca será encontrada.  Uma linda flor do deserto, com alma fria como a noite e coração cálido como o sol que lhe castiga, decerto, sem alguém que diga “quem faz o monge não é o hábito”. Implorando que passem […]