CAPITULO II

Paris – 20:00h              Estacionei em frente ao número 42, do outro lado daquela pequena rua de pedras, no subúrbio de Paris. Ajustei o relógio no pulso e, aproveitando um momentâneo feixe de luz de um farol alheio, vi que era, exatamente, 20:00. Nem sempre fora assim, pontual, mas 5 […]